PRÓTESE

A mastoplastia de aumento (Inclusão de Prótese Mamária) tem o objetivo de aumentar o volume das mamas. Está indicada em pacientes com hipomastia (mamas pequenas) devido a hipodesenvolvimento (na adolescência) ou à involução pós gestacional (após a gravidez).

A via de acesso (incisão) para colocação da prótese pode ser localizada em três áreas: Sulco Inframamário, Peri-Areolar, e Axilar. A incisão será escolhida com base nas características físicas da mama e no desejo da paciente.

A prótese poderá ser colocada em três regiões: subglandular, submuscular, ou em duplo plano (subglandular/submuscular).

Na prótese colocada subglandular, a mama fica com aspecto mais natural, é realizada com anestesia local, a dor no pós-operatório é menor. Esta localização apresenta maior taxa de contratura capsular (endurecimento da prótese).

Na prótese colocada submuscular, a prótese fica mais protegida e tem menor taxa de contratura capsular, porém devido a manipulação do músculo a dor pós-operatória é maior.

Na prótese colocada em duplo plano, a prótese tem maior proteção, menor taxa de contratura, aspecto mais natural, porém a dor pós-operatoria é semelhante a submuscular.

A inclusão de prótese não altera a amamentação, pois a localização da prótese e a via de acesso não agridem a mama.

O inconveniente mais comum é a formação de cápsula (endurecimento) em torno da prótese, a qual pode ser resolvida com troca da prótese e do local de inserção da mesma.

  • Idade: a partir dos 15 anos.
  • Anestesia: Local ou geral.
  • Duração da Cirurgia: 01:30 hs
  • Tempo de Internação: 12 a 24 hs.
  • Cicatriz: escondida pela roupa íntima.
  • Tempo de Recuperação: 1 a 2 semanas.
  • Exercícios: Após 45 dias.

OTOPLASTIA

Toda pessoa que carrega este problema, sabe como ele dificulta seu convívio social, desde criança, na escola, já tem início as brincadeiras e gozações em relação a sua orelha.

A otoplastia (Cirurgia plástica da orelha) tem a finalidade de corrigir orelha de abano. Está indicada em pacientes com orelhas de abano (“dumbo”).

A Orelha de Abano pode ser devido a três alterações: aumento da concha, ausência da curvatura da orelha (helix), associação das duas anteriores. A Cirurgia é realizada com anestesia local, com exceção de crianças menores de 9 anos onde a anestesia geral pode ser necessária; a incisão é realizada retro-auricular (atrás da orelha), sendo que a cicatriz fica muito discreta, inaparente. Tem duração em média de 2:00hs, e no pós-operatório a paciente permanecerá com curativo feito de faixa crepe, o qual será retirado após 3 dias, e deverá ser usado uma faixa de tenista ou bailarina por 3 semanas para dormir.

O tempo de recuperação é em média de 15 dias, as atividades físicas podem ter início após 1 mês e a exposição solar após 2 meses.

  • Idade: após 6 anos
  • Anestesia: Local  ou Geral.
  • Duração da Cirurgia: 01:30hs.
  • Tempo de Internação: 2 hs.
  • Cicatriz: Muito discreta.
  • Tempo de Recuperação: 15 dias.
  • Exercícios: Após 1 mês em média.

AUMENTO DE GLÚTEOS

A Gluteoplastia (cirurgia plástica de aumento das nádegas) tem a finalidade de aumentar o volume das nádegas. Está indicada para pacientes com nádegas (“bumbum”) baixos e pequenos.

Este aumento das nádegas é realizado através da inclusão de Prótese de Silicone (Gluteoplastia de aumento), esta prótese pode ser de dois tipos: redonda, para as pacientes que desejam aumentar mais a região das nádegas e, oval, para as pacientes que desejam aumentar as nádegas e a porção lateral da região glútea.

A cirurgia é realizada com anestesia peridural, a incisão é feita no sulco interglúteo, a cicatriz não fica visível. Tem duração em média de 2:00hs, após o término da cirurgia a paciente deve dormir de bruços por 10 dias, poderá sentar apoiando as coxas e deverá evitar exercícios mais intensos de pernas e “bumbum” por dois meses.

A prótese de glúteo assim como na prótese de mama poderá sofrer encapsulamento (endurecer), porém na gluteoplastia esta intercorrência é menos freqüente.

  • Idade: após os 20 anos.
  • Anestesia: Peridural.
  • Duração da Cirurgia: 02:00hs.
  • Tempo de Internação: 24 hs.
  • Cicatriz: discreta.
  • Tempo de Recuperação: 10 a 20 dias.
  • Exercícios: Após 2 meses em média.

CIRURGIA PÓS-BARIÁTRICA

A Torsoplastia consiste na retirada do excesso de pele na região dos flancos e prolongando-se até as costas. Está indicada em pacientes que perderam muito peso. É realizada em conjunto com abdominoplastia.

Pacientes que perderam peso, mais de 20 kg, geralmente apresentam pele sobrando na região lateral do tronco e nas costas, desta maneira se for realizada somente a abdominoplastia, ficará pele “sobrando” no dorso, a qual só será retirada pela Torsoplastia.

A cirurgia consiste no prolongamento da incisão da abdominoplastia, que irá até as costas, desta forma retirando pele e gordura deste local. A cicatriz permanece escondida na roupa íntima ou biquíni. O tempo de cirurgia da Abdominoplastia com Torsoplastia é em média de 3:30hs. No pós-operatório é colocada a cinta a qual deverá ser usada por 45 dias.

O pós-operatório é semelhante ao da Abdominoplastia.

As atividades leves podem ser retomadas a partir de 15 dias e as mais intensas (ginástica) a partir de 3 meses.

  • Idade: variável
  • Anestesia: Peridural ou Geral.
  • Duração da Cirurgia: 03:30hs.
  • Tempo de Internação: 24 horas.
  • Cicatriz: escondida pela roupa intima.
  • Tempo de Recuperação: 2 a 3 semanas.
  • Exercícios: Após 3 meses.

REJUVENESCIMENTO FACIAL

A Ritidoplastia (Cirurgia Plástica da Face) tem objetivo de diminuir a flacidez e elevar a face da paciente. Está indicada em pacientes com rugas faciais e/ou flacidez.

Com o passar do anos a pele da face vai perdendo elasticidade e as rugas começam a aparecer, assim como os sulcos naturais vão ficando cada vez mais profundos e perceptíveis (“bigode chinês” e “bochecha de bulldog”).

Quando isto acontece a cirurgia indicada para correção é a Ritidoplastia, ela é realizada sob anestesia local , tem duração média de 3:00hs, a incisão é realizada na região pré e retro-auricular, ficando a cicatriz escondida e discreta.

Após o término da cirurgia a paciente permanece internada por 12 a 24 hs, e tem alta com curativo, o qual será retirado após 24 hs da cirurgia.

A Ritidoplastia geralmente é realizada em conjunto com a Blefaroplastia e a Lipo de Mento.

A lavagem dos cabelos deve ser realizada de 36 a 48 hs após a cirurgia, e as atividades leves podem ser retomadas de 10 a 15 dias.

  • Idade: após o 40 anos
  • Anestesia: Local ou geral.
  • Duração da Cirurgia: 02:30hs.
  • Tempo de Internação: 24 hs.
  • Cicatriz: Muito discreta.
  • Tempo de Recuperação: 10 a 15 dias.
  • Exercícios: Após 45 dias.

RINOPLASTIA

A Rinoplastia (cirurgia plástica do Nariz) tem como finalidade melhorar as características estéticas do nariz (ponta, dorso, base ).Está indicada para pacientes com nariz de dorso alto, ponta caída e base ampla; ou “Nariz sem Harmonia ” com a face.

Não existe um formato de nariz perfeito, mas sim uma nariz que fica harmônico com o rosto da paciente.

A cirurgia é realizada geralmente sob anestesia local, tem duração média de 2:00hs, e no pós-operatório a paciente ficará com gesso e microporagem no nariz, os quais serão retirados após uma semana da cirurgia. A incisão quando necessária é feita na columela nasal, ficando uma cicatriz imperceptível. Quando a incisão é realizada dentro do nariz a cicatriz é invisível.

No pós-operatório a região periocular pode ficar “roxa”, porém isto desaparece por completo após 15 dias da cirurgia.

A rinoseptoplastia é cirurgia semelhante a rinoplastia, porém trata os desvios nasais e as dificuldades respiratórias. É indicada para pacientes com alteração estética e funcional do nariz.

A cirurgia é realizada geralmente sob anestesia local, tem duração média de 2:30hs, e no pós-operatório a paciente ficará com gesso e microporagem no nariz, os quais serão retirados após 1 semana da cirurgia. A incisão quando necessária é feita na columela nasal, ficando uma cicatriz imperceptível, quando a incisão é realizada dentro do nariz a cicatriz é invisível.

Nesta cirurgia permanece um tampão nasal 1 a 3 dias após a cirurgia, o qual será retirado no consultório.

A Rinoseptoplastia é para aqueles pacientes que não estão satisfeitos com a harmonia nasal e não respiram bem, desta forma podem resolver dois problemas de uma só vez.

  • Idade: após os 15 anos
  • Anestesia: Local ou geral.
  • Duração da Cirurgia: 02:30hs.
  • Tempo de Internação: 12 a 24 hs.
  • Cicatriz: Muito discreta.
  • Tempo de Recuperação: 7 a 15 dias.
  • Exercícios: Após 45 dias.

LIPOASPIRAÇÃO

A lipoaspiração (aspiração de gordura) tem como finalidade diminuir o volume de áreas do corpo. Está indicada em pacientes com gordura localizada ou assimetrias devido a má distribuição de gordura corporal. A lipoescultura tem o objetivo de aumentar o volume de determinadas áreas do corpo utilizando-se gordura; por exemplo, pode-se retirar gordura dos culotes e aplicá-la no bumbum, ou no “bigode chinês”, ou em rugas periorais, etc.

A Lipoaspiração é Cirurgia Plástica mais realizada nos dias atuais, ela retira a gordura localizada de forma eficiente, podendo ser realizada em diversas áreas do corpo, tais como: culotes, face interna das coxas, flancos (“pneus”), abdômen superior e inferior, dorso, mento e etc.

O procedimento cirúrgico se inicia com a anestesia que pode ser local, peridural ou geral, dependendo da área a ser lipoaspirada. São realizada incisões em média de 0,5 cm, por onde são introduzidas cânulas finas de 2 a 4 mm, as quais sobre pressão à vácuo irão aspirar a gordura indesejada.

O tempo de cirurgia varia conforme o tamanho da lipoaspiração, mas é em media de 1:30hs. O repouso varia de 3 a 10 dias, O exercício pode ser retomado com 30 dias e o banho de sol após 3 meses.

  • Idade: Variável.
  • Anestesia: Local. Peridural ou Geral.
  • Duração da Cirurgia: 01:30hs.
  • Tempo de Internação:24 hs.
  • Cicatriz: Discreta.
  • Tempo de Recuperação: 3 a 10 dias
  • Exercícios: Após 30 dias em média.

MAMAPLASTIA

A mamaplastia (redução mamária e correção da flacidez das mamas), tem a finalidade de diminuir o volume e flacidez da mama. Está indicada em pacientes com mamas grandes, flácidas, com estrias e/ou caídas.

Pacientes que tem as mamas grande, tem dificuldade de encontrar roupas, o soutien marca os ombros e muitas vezes tem dor nas costas.

A redução mamária pode ser realizada a partir dos 15 anos, ou quando a mama já atingiu seu completo desenvolvimento. A Técnica mais usada é realizada através de uma incisão periareolar, outra no sulco inframamário e uma incisão vertical que liga as duas últimas. A cicatriz resultante é em forma de “T” invertido. Outras técnicas podem ser utilizadas dependendo do tamanho das mamas e deixam cicatrizes em “L” ou “I”.

Toda cicatriz sobre um processo de remodelagem, que resulta em mudança de cor, relevo e largura. Este processo dura de 6 meses até 2 anos.

A paciente deverá usar soutien pós cirúrgico por 30 dias, poderá molhar a cicatriz pós-operatória após 48 horas, voltar às atividades leves após 7 dias e atividades mais intensas após 2 mês.

  • Idade: a partir dos 15 anos.
  • Anestesia: Local ou geral.
  • Duração da Cirurgia: 02:30hs.
  • Tempo de Internação: 24 hs.
  • Cicatriz: escondida pela roupa íntima.
  • Tempo de Recuperação: 7 a 10 dias.
  • Exercícios: Após 2 meses.

ABDOMINOPLASTIA

A abdominoplastia ( Dermolipectomia ) consiste na retirada do excesso de pele da região abaixo do umbigo e correção da flacidez da musculatura abdominal.

Está indicada em pacientes com flacidez abdominal e estrias (abdome em avental). Normalmente, após emagrecer ou a gravidez, a paciente fica com pele “sobrando” na região abdominal, além das estrias.

Nestes casos está indicada a Abdominoplastia que retira esse excesso de pele/gordura/estrias deixando o abdome com a forma mais estética possível.

A Cirurgia é realizada, geralmente ,sob anestesia Peridural, tem duração em média de 2:30 hs, com internação de 24 hs. A incisão é semelhante a de uma cesárea, porém maior, a cicatriz fica escondida na roupa íntima ou biquíni. Após a cirurgia deve ser usada uma cinta pós-operatória por 45 dias.

A paciente deverá andar encurvada por uma período para auxiliar no processo de cicatrização. Durante a cirurgia é realizado um reposicionamento da musculatura abdominal, assim a paciente deve evitar forçar esta musculatura nos primeiros meses de pós-operatório.

As atividades leves podem ser retomadas a partir de 15 dias e as mais intensas (ginástica) a partir de 3 meses, podendo variar com a recuperação da paciente.

  • Idade: Variável.
  • Anestesia: Peridural ou Geral.
  • Duração da Cirurgia: 02:30hs.
  • Tempo de Internação: 24 hs.
  • Cicatriz: escondida pela roupa íntima.
  • Tempo de Recuperação: 2 a 3 semanas